O comportamento, a postura e a imagem transmitem uma impressão. De acordo com a imagem que pretende passar, o mediador imobiliário deve apostar numa marca visual consistente.

A identidade visual é um conceito habitual no marketing, relacionado com a utilização de cores, imagens e layouts, com base em estudos do comportamento dos consumidores.

A primeira impressão que retiramos de uma imagem, de objeto e mesmo de uma pessoa, é muito importante e a nossa perceção e atitude muda e adapta-se consoante aquilo com que nos deparamos.

Todas as empresas devem ter a preocupação de criar uma imagem de marca que as caracterize, posicione, defenda, impulsione…

Um mediador imobiliário, enquanto profissional deve olhar para si mesmo enquanto empresa e procurar “transmitir a sua marca pessoal”.

A imagem que passo coincide com o trabalho que desempenho?

Enquanto mediador imobiliário, consultor do mercado, negociador, intermediário, deve transmitir confiança e credibilidade.

Mais do que possuir um real conhecimento do mercado imobiliário e uma excelente capacidade de negociação, é preciso demonstrá-lo. Antes disso, é necessário ter a oportunidade de fazê-lo.

Só lhe será dada esta oportunidade se a primeira impressão que um possível cliente tiver de si for positiva.

Aposte numa imagem cuidada que expresse seriedade, não só no modo de vestir como no material que utiliza, desde a caneta, ao caderno de anotações e aos importantes cartões de visita.

Entregar um cartão é sempre bom porque transmite transparência e disponibilidade. A comunicação com o cliente deve transparecer os mesmos valores. Mostre os seus conhecimentos através de uma linguagem clara.

Procure que tudo o que diz e tudo o que entrega ao cliente esteja em conformidade com uma marca visual consistente.

A figura do mediador

Perante a sociedade o mediador imobiliário deve ser uma figura associada conceitos como confiança, capacidade e ética profissional.

É fundamental que inspire credibilidade, excelência no atendimento, segurança e celeridade na resolução dos processos.

O seu público-alvo ou os seus potenciais clientes criarão uma opinião sobre si, logo no primeiro contacto.  Por isso, antes de começar, prepare-se cuidadosamente.

Como se vai apresentar? O que vai dizer? Que suportes vai utilizar para demonstrar os seus conhecimentos? Que imagem quer passar?

Marca visual consistente

Acredite que a primeira impressão é muitíssimo importante neste negócio.

Qualquer cliente que o procure, seja para pedir o seu apoio para concretização de uma venda ou para a procura de um imóvel para comprar, precisará de confiar em si.

Não se trata de um tipo de negociação que se faça num único contacto, verdade? Trabalharão juntos no mesmo sentido: comprar ou vender um imóvel!

Trata-se de uma transação de dimensão considerável. Se não transmitir os valores certos, como seriedade, confiança, transparência, capacidade, profissionalismo, certamente que o cliente não depositará o negócio nas suas mãos.

Cause uma boa impressão e depois, sim, terá oportunidade de provar o seu talento.

No mercado atual, são cada vez mais válidos os motivos pelos quais se deve recorrer ao apoio de um mediador imobiliário, pelo que a procura de profissionais da área só tende a aumentar.