A pessoa interessada no seu imóvel desistiu e não entende porquê? Fique a par de 5 motivos que justificam esta decisão!

Depois de comunicar a sua intenção de venda através de um anúncio no nosso site, vai começar a receber contactos de potenciais interessados. Entre o momento do primeiro contacto e a concretização da venda, existe um tempo de negociação crucial. Nada está decidido e o potencial cliente pode desistir a qualquer momento.

São vários os motivos que podem levar à desistência. Reunimos cinco dos mais comuns. Conheça-os e prepare a sua estratégia de modo a evitá-los ao máximo.

O imóvel não corresponde às expectativas

Cada consumidor procura um determinado tipo de imóvel, de acordo com as suas necessidades. Os pais de cinco crianças não estarão, provavelmente, à procura de um T1.

Desta forma, é possível que o cliente chegue à conclusão de que o seu imóvel não é aquilo que está à procura. O que falhou?

Quando isto acontece após a visita ao imóvel, ou depois de algumas conversas com o proprietário, quer dizer que algo falhou na comunicação.

Uma das regras essenciais para um bom anúncio é precisamente uma descrição detalhada e precisa da habitação e a disponibilização de fotografias reais. Desta maneira, os visualizadores do anúncio poderão imediatamente perceber se o imóvel vai ou não ao encontro das suas expectativas.

Não economize texto ou informação. Descreva o seu imóvel detalhadamente para que seja mais fácil ao potencial cliente encontrá-lo dentro das características que procura. Evite que o cliente se aperceba (mais tarde) que o imóvel não corresponde às suas expectativas e desista. Poupa o tempo de todos!

 A visita ao espaço desilude

Quando o potencial cliente visita o espaço pela primeira vez terá uma primeira impressão que pode ser positiva ou negativa. O imóvel é fiel ao que aparecia nas fotografias do anúncio? É necessário fazer obras que nunca foram mencionadas anteriormente? A casa encontra-se suja e desarrumada?

É muito importante que saiba valorizar a sua casa na hora de a vender. A começar pelo anúncio e pelo que foi referido no ponto anterior! Mantenha a casa sempre limpa e arrumada. O ambiente vai conquistar ou repudiar o consumidor. Este é um passo básico e fundamental.

Existem aspetos a ser aprimorados? Se verificar que as paredes precisam de uma pintura ou que existem pequenos melhoramentos a fazer, decida se vai fazer pequenas obras de manutenção por sua conta ou se prefere vender o imóvel tal como está.

Neste último caso, é essencial que comunique estes “pequenos defeitos” à pessoa interessada, evitando más surpresas que criam entraves ao negócio.

 O contacto com o proprietário é difícil

No anúncio irá disponibilizar o seu contacto e é importante que esteja inteiramente disponível para atender chamadas e responder a dúvidas. A dificuldade de comunicar com o vendedor terá um peso significativo na decisão de aquisição de um imóvel.

Mantenha contacto com o cliente.  Não o deixe esquecer da oportunidade que tem em mãos, sem o pressionar demasiado. Mostre-se disponível para o ajudar em qualquer hesitação, transmitindo confiança.

 Financiamento bancário indisponível

Apesar da atual facilidade em aceder a financiamento bancário, pode acontecer que o mesmo seja negado ao seu cliente. Esta questão vai um pouco além das suas capacidades de intervenção, mas pode sempre ajudar.

Como? Conhecendo algumas instituições bancárias e as condições de crédito à habitação que praticam. O facto de o financiamento ter sido negado num determinado banco não implica que não seja aprovado no outro.

Substituição por outro imóvel

O potencial cliente não irá ver apenas o seu anúncio. Provavelmente estará interessado noutros imóveis ao mesmo tempo e fará visitas presenciais para decidir. A concorrência é inevitável, mesmo que a procura seja bastante superior à oferta se falarmos em cidades como Porto, Lisboa, Braga…

O que fazer? Para que um consumidor opte pelo seu imóvel em detrimento de outro é preciso que lhe reconheça vantagens, comparativamente. Diferencie-se ao máximo, evidenciando os pontos fortes do seu imóvel.

Tenha conhecimento dos valores praticados no mercado imobiliário essencialmente no seu tipo de imóvel. Afinal o preço é das variáveis que mais contam nestas transações. Saiba quanto vale a sua casa!

Tenha conhecimento das ofertas existentes, com características semelhantes às suas. Adapte-se e valorize o seu espaço de acordo. Uma dica: faça uma pesquisa no site do Imovirtual. Pode filtrá-la e ordená-la de acordo com localização, tipologia, preço, valor por metro quadrado e muito mais. Faça uma análise de mercado.

 

Leia também: “Está a par das vantagens que tem ao destacar anúncios no Imovirtual?”