Nos três primeiros meses deste ano a actividade na reabilitação urbana registou um aumento de 52,2% em termos homólogos e mais 3,2% em Abril face ao mês anterior.

De acordo com o Barómetro da Reabilitação Urbana realizado pela AICCOPN, também no índice Carteira de Encomendas, que mede a evolução da opinião dos empresários, observa-se um aumento ainda mais expressivo, de 79,7% em termos homólogos e de 10,3% face ao mês anterior.

Já a produção contratada em meses, ou seja, o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, fixou-se em 7,8 meses, o que, apesar de representar uma queda mensal, traduz uma subida de 31,8% face ao observado no mesmo mês do ano anterior.