Em Julho, a actividade na Reabilitação Urbana mantém o crescimento, com uma variação de 47,7%, em termos homólogos e 1,5% face ao mês anterior.

Nos dados obtidos no Inquérito mensal à Reabilitação Urbana, realizado pela AICCOPN aos empresários do sector da construção que actuam neste mercado, no mês de Julho de 2018, o índice que mede a evolução da Carteira de Encomendas das empresas no segmento da reabilitação urbana mantém-se em níveis elevados, observando-se, em Julho, um aumento de 33,0% em termos homólogos.

Relativamente à produção contratada em meses, ou seja o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, este indicador fixou-se em 8,7 meses, em Julho, valor que representa um acréscimo 0,4%, em termos homólogos, e de 15,4% face ao observado no mês anterior.