Com localização nas Avenidas Novas, entre o Saldanha, a Gulbenkian e o Campo Pequeno, o POP Saldanha é o mais recente projecto residencial da capital portuguesa, que resulta da reabilitação de um edifício dos anos 60.

O empreendimento é promovido pela Civilria e tem um investimento de 25 milhões de euros. Os preços médios dos apartamentos vão desde os 6000 aos 8500 euros o metro quadrado.

O POP Saldanha é composto por 64 apartamentos – todos com varandas e alguns com estacionamento – de tipologias T0 a T1, e quatro frações de T2 e T3, sendo que no último piso tem um terraço e os apartamentos apresentam cozinhas equipadas. O edifício com sete pisos, apresenta, ainda, quatro espaços comerciais, com áreas de 25 a 214 m2.

“O POP Saldanha é um empreendimento de reabilitação pura, porque apesar de ter uma estrutura de betão em razoável estado de conservação, optámos por efectuar um reforço estrutural de forma a cumprir com a verificação sísmica”, refere Artur Varum, presidente da Civilria.

O responsável adianta ainda que, “a arquitectura exterior não sofreu qualquer modificação, apesar de se tratar de um edifício dos anos 60, é um imóvel muito interessante. Anteriormente utilizado como escritórios, o seu interior foi totalmente alterado para satisfazer as novas funções”.

A Civilria está ainda a promover um conjunto de outros empreendimentos, localizados no Canidelo (Gaia), Aveiro e Porto.