De acordo com um estudo realizado pela Reliance Research para a plataforma Airbnb em Novembro de 2018 apenas sobre as cidades da UE, a plataforma de alojamento classificou Lisboa como a quarta cidade mais criativa, apenas superada por Bruxelas, Paris e Atenas, que está no topo da lista.

O Índice de Cidades Criativas classifica as 100 maiores cidades da UE, segundo a sua criatividade, analisando diversos factores, desde o número de espaços de coworking e áreas de grafiti até à concentração de galerias de arte, cinemas e até mesmo estúdios de tatuagens. A pontuação final deu origem a uma classificação geral para a Europa.

A capital portuguesa surgiu como a quarta melhor cidade da Europa para viver e trabalhar para pessoas envolvidas no mundo da criatividade (cinema, artes visuais, design, arquitectura, entretenimento, fotografia, música e moda) no Índice de Cidades Criativas da plataforma Airbnb.

Lisboa destaca-se pelo volume significativo de startups (mais de 600), espaços de coworking (mais de 50) e galerias de arte (mais de 100).

Na classificação geral do Índice de Cidades Criativas da Airbnb, Atenas ocupa a posição número um. A metrópole ancestral não só tem uma comunidade de Anfitriões & Hóspedes criativa relativamente grande na plataforma Airbnb, como também uma elevada concentração per capita de centros de entretenimento criativo, como galerias de arte e festivais de arte e música.

Ainda que grandes cidades europeias como Paris e Berlim estejam em destaque na lista, a classificação na Europa também coloca “mecas culturais” menos conhecidas em lugares cimeiros. Nottingham, uma cidade inglesa com pouco mais de 300.000 habitantes, aparece na oitava posição na Europa, graças à enorme variedade de espaços e actividades criativas disponíveis para uma cidade da sua dimensão.

Lisboa tem uma das maiores comunidades criativas de Anfitriões & Hóspedes na plataforma Airbnb:

17% dos anfitriões de Lisboa descrevem-se como Criativos e 26% de todas as Experiências na cidade são criativas – da mesma forma, os hóspedes podem reservar mais de 110 Experiências Criativas em Portugal.

Ser anfitrião na plataforma Airbnb incentiva os criativos a permanecerem e a dar retorno às suas comunidades locais, trazendo para as suas cidades um turismo saudável, ou um turismo diversificado, local, autêntico e sustentável, assim como também oferece aos criativos uma fonte de rendimento estável que os pode ajudar a prosseguir com as suas profissões e paixões. 65% de todos os anfitriões criativos em Lisboa afirmam que a partilha de alojamento (home sharing) permite-lhes manter as suas casas, enquanto 53% de todos os anfitriões criativos da plataforma Airbnb em Lisboa afirmam que dependem deste rendimento suplementar para fazer face às despesas.

Veja mais notícias do mercado imobiliário aqui.
Encontre a casa dos seus sonhos no Imovirtual.