22,6% foi quanto cresceu o número de fogos novos licenciados em 2017 aumentando para 13.918, valor que corresponde ao registo mais elevado dos últimos seis anos. As licenças emitidas pelas Câmaras Municipais para construção e reabilitação de edifícios habitacionais também aumentaram 14,7% para 11.825. Igualmente a subir verificou-se o novo crédito concedido para aquisição de habitação, com um forte acréscimo de 42,6% totalizando 8.259 milhões de euros.

Segundo a síntese estatística da habitação, da AICCOPN, relativamente ao valor médio da avaliação bancária no âmbito das transacções de imóveis habitacionais com recurso a crédito bancário observou-se igualmente, em Dezembro de 2017, um aumento de 4,5% em termos homólogos, fixando-se em 1.150 euros por m2. Nos apartamentos o valor sitou-se em 1.200 euros por m2, em resultado de um acréscimo de 5,0%, em termos homólogos. Já nas moradias o valor médio de avaliação bancária foi de 1.067 euros, o que traduz um aumento de 4,0%, face a dezembro de 2016.