Arroios é a freguesia de Lisboa que apresenta mais casas para venda, com 571 imóveis no mercado mas é em  Santa Maria Maior e Santo António, onde os preços são mais elevados.

Segundo o último Market Report Casafari, relativamente ao terceiro trimestre deste ano, a região de Lisboa está a aproveitar cada vez mais o interesse e a procura que existe no mercado imobiliário. A grande maioria das propriedades são apartamentos, com 5628 apartamentos exclusivos em comparação com 343 moradias. Os preços médios de uma moradia e um apartamento não diferem muito em Lisboa: as moradias têm um preço médio de  4.661 euros/m2 e um apartamento chega aos 4.566 euros/m2.

Depois de Arroios, a freguesia mais activa do mercado com 571 imóveis à venda, segue-se a histórica Santa Maria Maior e a Estrela, com 504 e 503 propriedades, respectivamente. As Avenidas Novas e Olivais têm cerca de 450 propriedades activas, seguida por Santo António com 385 e São Vicente / Graça com 336.  A norte do centro da cidade, Santa Clara oferece apenas 38 propriedades, contrastando com o seus vizinhos Olivais e Lumiar, ambos têm mais de 300 imóveis.

Relativamente aos preços, as freguesias que compreendem parte do centro histórico de Lisboa, Santa Maria Maior e Santo António, têm os maiores preços pedidos por m².  5.934 e 5.852 euros respectivamente. A Misericórdia é a única outra freguesia onde os preços médios superam 5.000 euros, enquanto a grande maioria das freguesias apresentam propriedades entre 4.000 e 5.000 euros por metro quadrado.

Os preços mais baixos encontram-se no norte de Lisboa. Santa Clara, com 2.577 euros por m².

Veja mais notícias do mercado imobiliário aqui.
Encontre a casa dos seus sonhos no Imovirtual.