Nos dias 22 e 23 de Setembro deste ano, 70 espaços em Lisboa vão abrir as suas portas para visitas, passeios e conversas com autores de projectos, urbanistas, historiadores, que vão ajudar a perceber a cidade e seus diferentes momentos de transformação através da Arquitectura.

Trata-se do 7º Open House Lisboa, organizado pela Trienal de Arquitectura de Lisboa e a EGEAC, com o objectivo de continuar a afirmar o seu compromisso enquanto bilhete gratuito para a (re)descoberta da capital.

Os comissários convidados para esta edição, são o arquitecto, crítico e professor Luís Santiago Baptista, e a arquitecta, professora e curadora Maria Rita Pais. São eles os responsáveis pelo desenho de um renovado roteiro revelador de um novo olhar sobre a cidade. Nas suas palavras, “motiva-nos a possibilidade de compreender Lisboa a uma escala urbana alargada, através de projectos, obras e intervenções específicas, propondo uma leitura integrada das transformações recentes da cidade, nas suas diversas áreas e eixos estruturantes. E, finalmente, nesse mapeamento, evidenciar o papel crucial dos arquitectos na construção do passado, presente e futuro de Lisboa”.