Desejada ou necessária, qualquer mudança de casa implica tempo, trabalho, planeamento e organização. Saiba como ultrapassar a transição da maneira mais tranquila possível.

Vai mudar de casa em breve? Certamente que já começou a pensar em tudo o que precisa de organizar. Mesmo que esteja nas nuvens e entusiasmado para iniciar uma vida diferente num novo espaço, a fase da mudança traz sempre preocupações.
Tempo, trabalho e essencialmente planeamento são variáveis implícitas quando falamos em mudar de casa. Afinal, não é possível “saltar” o processo de desmontagem, encaixotamento, transporte e arrumação dos seus pertences para a nova residência.
É fundamental que prepare e organize a mudança, com antecedência, para que aconteça de forma rápida e eficaz.

  1. Planear e preparar

    Deixar tudo para a última hora é sinónimo de complicações. Comece a pensar na mudança e a planeá-la com um ou mais meses de antecedência.
    Faça listas: de tarefas a realizar, pertences a transportar, documentos a tratar, de tudo o que vai deixar para trás, etc. Não há melhor forma de se organizar! Não se esqueça que precisa tratar do cancelamento de contratos relacionados com a sua casa atual (água, gás, eletricidade e serviços de voz, internet) ou da alteração da morada nos mesmos.

  2. Identificar e empacotar

    Faça o planeamento por divisões e comece a empacotar os seus pertences, deixando para o final as coisas que precisa no dia-a-dia. Comece pelo que lhe faz menos falta a curto prazo.
    No momento de encaixotar, tenha em atenção o peso das coisas, distribuindo-o de forma a facilitar o transporte das caixas. Proteja os materiais e mobílias mais frágeis. Identifique todas as caixas e sacos para saber exatamente o que é transportado e qual o destino de cada um.
    À medida que as divisões vão ficando vazias, limpe-as e feche-as. Aproveite uma divisão já livre, para ir juntando todas as caixas, por ordem de saída para o transporte.

  3. Transportar

    O transporte dos pertences para a casa nova pode suscitar dúvidas, dependendo dos meios de que dispõe. Possui um veículo adequado? Vai tratar de tudo sozinho? Quantas viagens precisará de fazer? Compensa contratar um serviço de transportadora?
    Contratar um serviço de transporte e mudanças acarreta custos. Por outro lado, permite poupar tempo e trabalho. Peça orçamentos e depois faça o balanço entre o esforço necessário e os valores encontrados.

  4. Organizar e arrumar

    Organize também a chegada das caixas à nova casa. Defina com antecedência a que divisão se destina cada caixa. O ideal é que essa informação conste nas próprias caixas. Desta maneira, no momento de desempacotar os objetos, estes já estarão no sítio certo para que a sua arrumação seja imediata.

As palavras de ordem para o processo de mudança são: planeamento e organização. Procure pensar em tudo ao pormenor e evitará ter de tomar decisões em cima do joelho que só aumentam o stress.
Se seguir as nossas dicas certamente passará por este processo, tranquilamente.

Leia também: 5 dicas para rentabilizar o seu imóvel