Não é novidade, mas conquistou tantas casas que estendeu a sua influência a mais do que uma estação, a mais que um ano até. De 2017 passou a 2018 e não dá ares de desaparecer: o estilo industrial combina na perfeição com as casas mais modernas.

O charme das cidades saiu da rua e fechou-se em casa: o estilo industrial é o resume da decoração contemporânea e inclusive aceita apontamentos de outras tendências.

Origem

Esta decoração tem nos seus pilares Revolução Industrial: máquinas conviviam com pessoas e eram usadas e alimentadas ao máximo para uma maior produtividade. As transformações tecnológicas e industriais marcaram o século XIX e a produção começou a ser feita em grande escala. Agora, três séculos depois, com os primórdios das grandes indústrias lá atrás, o século XIX emprestou o estilo e os elementos da revolução à decoração de interiores.

Espaços amplos e originais: o esqueleto das casas e dos apartamentos pode ser usado em seu favor e, na verdade, em favor dos inquilinos também. Gasta pouco em materiais de decoração, visto que vai embelezar antes a matéria-prima da construção da casa. Se tiver paredes em tijolo, basta passar-lhes um tratamento e voilà: a casa está pronta a habitar.

Se o esqueleto for de betão ou madeira, faça o mesmo. Exponha-as em contraste com uma decoração sofisticada. Use a rigidez das construções em parelha com tecidos suaves e delicados como o algodão, a lã ou o pelo.

Decoração Industrial

Cobre: esta é a cor, por excelência, do estilo industrial, um material muito usado nos canos e tubos das fábricas e, posteriormente, espaços de habitação. Agora é cada vez mais procurada na decoração, associada ao passado, e até a um estilo vintage. Opte por comprar candeeiros ou acessórios nesta cor que tão bem se comporta ao lado de tijolo, madeira e mesmo betão.

Outros materiais: além dos tecidos mais suaves, a pele castanha em estofos de cadeiras/cadeirões ou mesmo num sofá são o complemento ideal para apimentar a decoração de sua casa. Se há uma coisa que o estilo industrial pede é contraste entre materiais.

Paleta de cores: sem fugir muito aos tons terra já associados ao cobre, o betão abre a porta ao cinzento, combinações de cores que dificilmente se conjugam harmoniosamente. O rosa velho, tijolo, bordeaux, branco sujo, cinza e cinzento são boas opções para decorar a sua casa. Se quiser arriscar salte para as azuis e vermelhos.

Para outros estilos de decoração inspire-se no Blog Imovirtual: da tendência mais veranil à mais minimalista, há-as para todos os gostos e preferências.