Já ouviu falar em “tiny houses”? Não? Estamos a falar de casas verdadeiramente pequenas, mas otimizadas ao máximo, além de bem mais baratas que o preço praticado no mercado… pelo menos nos EUA, onde a febre das mini-casas nasceu.

Estas casas foram construídas como resposta à necessidade de desacelerar do ritmo alucinante das grandes cidades, aliada à vaga do minimalismo. É um movimento que defende modos simples de vida em casas que dão resposta única e exclusivamente às nossas necessidades.

Não se tratam apenas de casas pequenas… são na verdade mínimas. Não que se tenha estabelecido uma área mínima para que uma casa entre nesta categoria, mas a título de referência consideremos como “tiny” as casas com menos de 50 metros quadrados. Parece impossível ter todas as divisões de uma casa em tão pouco espaço? Então prepare-se para ser surpreendido.

apartamento pequeno

Nos EUA, muitas delas são pré-fabricadas, de madeira, e têm inclusivamente rodas para que possam ser atreladas a um carro e mudadas de sítio consoante as necessidades do seu anfitrião. Ficaram tão famosas que há uma série de programas de televisão que não só acompanham a construção destas casas, como o dia-a-dia de quem vive nelas. Por exemplo: Tiny House, Big Living; Tiny Luxury ou Tiny House Hunting, são até mesmo explorados outros âmbitos deste estilo de vida, como a do luxo.

No mercado imobiliário em Portugal também há casas bastante pequenas à venda, mas não nos mesmos moldes.

São antes apartamentos antigos nas zonas históricas das cidades. Em Lisboa, por exemplo, encontra uma série delas se navegar pelo Imovirtual. Depois de uma pesquisa, deixamos-lhe este exemplo de uma “tiny house” portuguesa:

Tem ideia do que são 24 metros quadrados?

Para muitos é uma sala, mas para este anúncio é a casa completa. Aliás, é um estúdio T0 perto da Avenida da Liberdade. Diz a sua descrição que  licença já foi emitida, está totalmente renovado e preparado para ser rentabilizado como alojamento local. O apartamento foi totalmente mobilado e organizado por uma equipa de designers de interiores, com decoração atrativa para turistas.

Quanto a equipamentos, está equipado com máquina de lavar loiça, máquina de lavar roupa, termoacumulador, placa de indução, frigorífico, micro-ondas e máquina de café. É ver para crer? Este T0 com sofá-cama está à venda por 200 mil euros.

sala pequena

Procure a sua tiny house no Imovirtual e descubra as casas mais desejadas do mercado no nosso blog!